Como Pode O PhenQ Ajudá-lo Ativamente A Perder Peso

Share

Dependendo da sua idade, peso e nível de atividade, o seu corpo requere uma certa quantidade de calorias para manter o seu peso.

Uma dieta em que a proteína representa 30% funciona bem para alguém cuja dieta tenha 1,200 calorias (90 g de proteína) — mas não será uma grande opção para um atleta que recorra a uma dieta de 4,000 calorias (isto é, 300 g de proteína se calcularmos os macros a 30%… ou seja, demasiado).

A solução?

Primeiro calcule as gramas de proteína de que precisa, com base nos seus objetivos de peso e fitness. (Regra de ouro: não consuma mais de um grama de proteína por quilo de peso corporal.) Depois, traduza isto para uma desconstrução com base em macronutrientes e adicione o PhenQ desde o início para ajudá-lo a gerir a sua fome e a dar início à queima de gordura.

A fórmula do PhenQ

A fórmula do PhenQ para a perda de peso pode ajudá-lo a perder uma polegada de gordura corporal por dia. Não só queima a gordura estomacal e elimina o excesso de água do corpo, mas também é bastante útil para a capacidade mental, memória, audição e visão.

Focar-se nos macronutrientes permite uma dieta mais equilibrada ao forçar-nos a encarar seriamente os alimentos que ingerimos. O ponto central passa por ver a sua dieta através de uma perspetiva mais abrangente, que leva em consideração os benefícios nutricionais das diferentes opções, não ficando circunscrito à contagem de calorias.

As calorias não contam toda a história da perda de peso.

Mas é importante lembrar-se de que não pode ter macronutrientes sem calorias. Cada grama de gordura faculta nove calorias, enquanto a proteína e os hidratos de carbono facultam quatro calorias por grama. Lembre-se de que não está a ingerir macronutrientes apenas pelas calorias, mas sim porque cada macronutriente tem uma finalidade.

Só precisa de ter em conta Forskolin. Se quer mesmo perder peso, têm de abordar o seu corpo através de três ângulos. O primeiro é a dieta, o segundo é o exercício e o terceiro passa por tomar a suplementação correta.

É aqui que entra o PhenQ.

Ajudará a diminuir os seus desejos e a exponenciar o seu ritmo metabólico.

É importante que demore o seu tempo e permita ao seu corpo fazer a adoção do seu novo peso. Pare de contar calorias constantemente e comece a viver uma vida saudável. A perda de peso é um bónus pelos seus esforços. Beba água e durma pelo menos 8 horas por dia. Obterá resultados num instante.

O Que É Mais Importante Na Perda De Peso Com PhenQ

A resposta curta e agradável: As calorias e os macronutrientes têm ambos a sua importância, portanto permita-me que explique melhor.

Perda De Peso Com PhenQ

É quase impossível atualmente passar um dia sem ouvir falar de uma nova moda dietética ou de uma nova tendência para a perda de peso. A maior parte desse frenesim concentra-se no corte das calorias — uma abordagem que funciona para muitos mas deixa de fora um aspeto fundamental da nutrição: macronutrientes. Felizmente para si, o MyFitnessPal permite-lhe rastrear as suas calorias e macronutrientes.

Ao invés de se focar somente na contagem de calorias, a abordagem aos macronutrientes permite-lhe otimizar a sua dieta ao determinar a percentagem de calorias que deve obter a partir da proteína, hidratos de carbono e gordura a cada dia. Quer esteja interessado em cortar na gordura corporal ou aumentar a massa muscular, as desagregações de macronutrientes podem ser utilizadas para alcançar os seus objetivos.

O Que São Os Macronutrientes E Qual A Sua Importância

Os hidratos de carbono, a proteína e a gordura constituem os nossos macronutrientes essenciais. Estes oferecem ao corpo grande parte da sua energia na forma de calorias, mantendo-nos alimentados durante todo o dia.

Um aspeto importante da abordagem centrada nos macronutrientes é que esta reconhece que nem todas as calorias são iguais: 100 calorias de doces e 100 calorias de brócolos tecnicamente oferecem a mesma “energia” ao seu corpo, mas são processadas distintamente.

Pense em comer 500 calorias de gelado e 500 calorias de espinafres; estas duas escolhas são idênticas no que diz respeito a uma abordagem centrada em calorias, mas contribuem de forma distinta no contexto onde exista uma desagregação de macronutrientes.

Do ponto de vista metabólico, os alimentos com um elevado grau de proteína e fibra mantêm-nos saciados durante mais tempo, provocando uma redução calórica.

Da mesma forma, alimentos com elevados índices glicémicos, como pão branco e bolachas, fazem disparar o açúcar no sangue durante um curto espaço de tempo, oferecendo-nos um rápido pico de energia, mas deixando-nos como uma “quebra de açúcar” pouco depois.

A velocidade com que os hidratos de carbono atingem o nosso sistema afetam por consequência o excesso de alimentos ingeridos e o aumento de peso. Isto significa que escolher hidratos de carbono integrais cuja digestão é feita a um ritmo lento (e muitas vezes contêm fibra) é uma opção muito mais valiosa do que optar por grãos processados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *